Siga o 'Madonna ever'

RSS
Premium WordPress Themes

04 abril 2009

Guy Ritchie defende Madonna depois de adoção negada

O diretor britânico Guy Ritchie declarou seu apoio à ex-mulher, a popstar Madonna, chamando-a de "ótima mãe", depois do anúncio de que a cantora teve negado na sexta-feira seu pedido de adoção da menina malauiana Mercy James, de 4 anos.

Ritchie, de 40 anos, pai dos meninos Rocco, 8 anos, e David Banda, 3 anos - o menino malauiano que Madonna adotou oficialmente ao lado do cineasta em 2008 - lançou um comunicado através de seu porta-voz dizendo: "Eu apoio Madonna completamente em sua decisão de pedir essa adoção e fico triste que seu pedido tenha sido negado. Ela é motivada apenas por ser uma mãe cuidadosa que busca dividir parte dos benefícios e das oportunidades que sua vida lhe deu".

Ritchie, que se divorciou da cantora no fim de 2008 depois de oito anos de casamento, disse ainda: "Madonna é uma mãe fantástica e apaixonada que se preocupa profundamente com seus filhos e com as crianças que possam precisar de ajuda e apoio. Desta vez não deu certo, mas haverá outras oportunidades e desejo o melhor para ela. Ela é uma ótima mãe".

Uma juíza do Malauí negou o pedido de Madonna para adotar Mercy James, 4 anos, citando uma regra que exige residência no país de 18 a 24 meses para os pais em potencial. Tal exigência foi deixada de lado na adoção de David Banda, que teve sua custódia temporária concedida em 2006 mas foi adotado oficialmente em 2008.

Madonna chegou ao Malauí no último domingo junto com os três filhos - Lourdes, 12 anos, Rocco, 8 anos, e o malauiano David, 3 anos - para comparecer à audiência que decidiria se ela poderia levar a pequena Mercy para casa, em Nova York.

Vários grupos de direitos humanos acusaram as autoridades de Malauí de dar um tratamento especial à popstar. O governo local, que sofreu muitas críticas depois que Madonna adotou um menino de 13 meses, disse na quinta-feira que apoiaria uma segunda adoção.

O advogado de Madonna, Alan Chinula, entrou com um recurso na Suprema Corte do Malauí na sexta-feira.

Créditos: O GLOBO

0 comentários:

Madonna Ever - Madonna sempre!