Siga o 'Madonna ever'

RSS
Premium WordPress Themes

04 maio 2009

É HOJE:Tribunal Superior do Malauí julga pedido de adoção

O Tribunal Superior do Malauí começou nesta segunda-feira (4) a deliberar sobre o pedido de Madonna para a adoção de uma garota de 3 anos na nação africana. Madonna não compareceu à audiência fechada realizada nesta segunda-feira no Tribunal Superior do Malauí, e a decisão judicial pode demorar vários dias para ser anunciada.

A popstar de 50 anos está apelando contra uma decisão em primeira instância dizendo que ela não poderia adotar Chifundo “Mercy” James porque ela não esperou o tempo necessário para a adoção. O tribunal disse que as leis do país foram ignoradas quando ela adotou seu filho David no Malauí em 2006.

O advogado malauiense de Madonna, Alan Chinula, disse que ele estava “esperançoso” a respeito do sucesso da apelação, e argumentou que o tribunal de primeira instância se baseou em uma lei antiga para bloquear a adoção da garota.

Madonna conheceu Chifundo em 2006, na Kondanani Children's Village, um orfanato na cidade de Bvumbwe, ao sul da capital comercial de Blantyre – o mesmo ano em que adotou David, que conheceu em outro orfanato no distrito central de Mchinji.

Pai

Neste domingo (3) um homem disse à Associated Press que ele seria o pai da garota, e pediu à Ordem dos Advogados do Malawi ajuda para impedir a adoção. James Kambewa, um segurança de 24 anos, reconheceu nunca ter visto a garota, que, de acordo com documentos do tribunal, foi levada ao orfanato quando a sua mãe de 14 anos morreu poucas semanas após ter dado a luz.

Mas Kambewa diz que agora quer ficar com a custódia de Chifundo. “Eu posso ser pobre, mas eu acho que tenho o suficiente para criar uma filha”, ele disse, “Eu vou lutar contra essa adoção”. O irmão da mãe da garota disse que a família não conhece Kambewa. “Como ele diz ser o pai se ele nunca esteve por perto antes?”, disse Peter Baneti, que explicou que a garota foi enviada ao orfanato porque não havia ninguém para amamentar o bebê.

'Oportunista'

Baneti diz ter concordado com a adoção por parte da família, e que Kambewa é “apenas um oportunista”. A porta-voz de Madonna Liz Rosemberg disse em um e-mail que não sabe se Kambewa é o pai. “Tudo que sei é que Mercy viveu em um orfanato desde o dia em que nasceu”, disse Rosenberg.

Kambewa, em uma entrevista que deve ir ao ar nesta segunda-feira na rede de TV CBS, nos EUA, disse que ela só viu a garota “em jornais e na televisão – nunca ao vivo”. Mas disse à CBS que a menina “é uma malauiense, e eu tenho que criar ela como uma malauiana, com a nossa cultura”. Nas imagens da entrevista, Kambewa usa uma corrente com o nome da garota.

Madonna fundou uma instituição de caridade, Raising Malawi, que ajuda a alimentar, educar e providencia assistência médica para alguns dos orfãos do país – que passam de um milhão, metade dos quais perderam os pais para a AIDS.


Créditos: G1

0 comentários:

Madonna Ever - Madonna sempre!