Siga o 'Madonna ever'

RSS
Premium WordPress Themes

27 setembro 2009

E nem é Páscoa ainda...

Começou como uma extravagância de desfile. Aí a Madonna resolveu usar. Agora as orelhas de coelho viraram a nova tendência entre celebridades

Fernanda Colavitti

image

COELHINHAS
As orelhas surgiram num desfile da Louis Vuitton (acima.). Madonna (centro) usou o acessório em maio. De lá para cá, foi copiada (em sentido horário) pelas cantoras Lady Gaga e Lily Allen e pelas gêmeas Olsen

Até muito pouco tempo atrás, usar orelhas pontudas no topo da cabeça era um recurso aceitável apenas se você se chamasse Pernalonga ou Roger Rabitt ou se estivesse a caminho de um baile de Carnaval. Mas aí a Madonna experimentou o acessório. E pronto: já virou tendência fashion. O inusitado enfeite foi criado pelo estilista Marc Jacobs, da Louis Vuitton, provavelmente inspirado pelas coelhinhas da Playboy (sim, nelas também é perdoável, até porque o restante do vestuário chama mais a atenção). Jacobs usou-o pela primeira vez em um desfile da grife no começo do ano, em Paris. Como a maioria das excentricidades apresentadas na passarela, dificilmente teria saído de lá – se não fosse por Madonna. Em maio, a cantora usou o adorno turquesa na cabeça, combinando com um vestido curto e botas na altura da coxa (todo o figurino da Louis Vuitton, da qual é garota-propaganda). Foi na festa Costume Institute Gala, em Nova York, o evento mais badalado do mundo da moda.

A partir daí, variações da orelha passaram a fazer a cabeça de várias celebridades de Hollywood. As performáticas cantoras Lady Gaga e Lily Allen não se contentaram em apenas aderir à moda. Arrumaram um jeito de deixar as orelhas ainda mais esquisitas, com um véu acoplado à tiara, cobrindo-lhes o rosto. As descoladas gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen, atrizes, empresárias e estilistas americanas consideradas formadoras de opinião no mundo da moda, não iriam ficar de fora. Apareceram em um evento no Japão, no começo de setembro, com um par de orelhas cada uma. Mais criativa que a irmã, Mary optou pelas de Mickey Mouse.

Para Madonna, faz sentido. Ela é paga para isso e ainda reforçou sua imagem de influenciadora de outras celebridades. E para as imitadoras? Elas precisam mesmo usar coisas esquisitas para conseguir divulgação? “A necessidade maior não é nem aparecer, é ousar, usar o que não foi usado”, diz o consultor de imagem Yan Acioli, responsável pelo visual da apresentadora Sabrina Sato. “É uma estratégia para as celebridades e para o mercado de moda.” A estilista Emanuela Carvalho, responsável pela produção da atriz Carolina Dieckman, diz que não se trata de rendição do bom gosto à necessidade de aparecer. Ainda que um visual diferente seja um recurso para chamar a atenção, diz Emanuela, para alguns ele é quase natural. “Pessoas como Madonna, Amy Winehouse, Lily Allen são fonte de inspiração e ditam moda. A excentricidade faz parte de sua personalidade.”

Com tantas artistas levantando as orelhas de coelho, qual é a chance de o acessório ganhar as ruas? “Eu até veria isso na noite paulistana, em baladas alternativas”, diz a consultora de moda Lilian Pacce. “Mas a pessoa tem de ter um espírito e um visual mais lúdico e, evidentemente, querer aparecer.” Também tem de estar disposta a – mesmo com orelhas tão grandes – não ouvir o que os outros vão dizer.

Revista ÉPOCA [sociedade]

0 comentários:

Madonna Ever - Madonna sempre!