Siga o 'Madonna ever'

RSS
Premium WordPress Themes

15 novembro 2010

Álbum Confessions on a Dance Floor faz aniversário

image

Produção: Madonna, Stuart Price, Mirwais Ahmadzaï e Bloodshy & Avant
Data de Lançamento: 14/Novembro de 2005 (Mundo) 15/Novembro de 2005 (E.U.A.)
Vendagem no Brasil: 125 Mil cópias
Vendagem nos EUA: 1.800.000 milhão de cópias
Vendagem no Mundo: 10 milhões de Cópias
Pico na Billboard: 1º lugar

Confessions on a Dance Floor é o décimo álbum de estúdio da cantora americana Madonna, lançado no dia 15 de novembro de 2005 pela Warner Music. Imediatamente após ter sido lançado o álbum quebrou um recorde, tendo ficado em primeiro lugar nas vendas de 41 países simultaneamente, estabelecendo um novo recorde de artista solo.

O álbum rendeu à cantora seu oitavo Grammy, na categoria de Melhor Álbum Dance/Eletrônico

CD - As doze faixas do álbum são contínuas.

Edição Deluxe - Lançada em dezembro de 2005, essa versão do álbum inclui: uma faixa bônus ("Fighting Spirit"); um livro de 40 páginas com fotos tiradas por Steven Klein; um diário em branco com 80 páginas e versos da canção "Like it or Not"; um mês de acesso grátis ao ICON, o fã-clube oficial da cantora. As doze faixas do álbum são contínuas, exceto a bônus.

iTunes (Edição Deluxe) - As doze faixas do álbum são separadas. Inclui um livreto digital e o videoclipe de "Hung up".

iTunes (Non-Stop Mix, Edição Deluxe) - As doze faixas do álbum são fundidas, formando uma única. Também inclui o livreto digital e o videoclipe de "Hung up".

iTunes Download (Edição Normal) - As doze faixas do álbum são separadas. (O livreto digital e o videoclipe de "Hung Up" não são inclusos).

iTunes Download (Non-Stop Mix, Edição Normal) - As doze faixas do álbum são fundidas, formando uma única. (O livreto digital e o videoclipe de "Hung Up" não são inclusos).

LP duplo - Contêm as mesmas doze faixas originais do CD, mas que são separadas assim como a edição normal do iTunes.

Edição limitada do LP duplo (cor de rosa) - Contêm as mesmas doze faixas originais do CD, mas que são separadas assim como a edição normal do iTunes. Os discos são cor de rosa.

 Confessions Remixed - LP triplo de vinil contendo as faixas do álbum em versões remixadas por Stuart Price. Foi lançado em 11 de abril de 2006 apenas nos Estados Unidos, com uma tiragem limitada de apenas três mil cópias.

Edição de turnê (CD+DVD) - Lançado em 23 de agosto de 2006 apenas no Japão. Além do CD original, esta edição inclui um DVD com os videoclipes de "Hung Up" e "Sorry" e os making-ofs dos respectivos.

"Hung Up": o primeiro single do álbum foi lançado oficialmente em 17 de outubro de 2005 e se tornou um sucesso instantâneo em vários países do mundo. Assim como o álbum, a canção quebrou o recorde anterior - dos Beatles - ao ficar em primeiro lugar nas listas de quarenta e sete países simultaneamente. A canção utiliza um sample de "Gimme! Gimme! Gimme ! (A Man After Midnight)" do ABBA. Vendeu cerca de nove milhões de cópias em todo o mundo - cerca de um milhão só nos Estados Unidos -, se tornando um dos singles de maior sucesso de todos os tempos.

"Sorry": o segundo single do álbum, lançado em 20 de fevereiro de 2006, fez muito sucesso na Europa e na América Latina, tendo ficado em primeiro lugar em listas do Reino Unido, da Alemanha, Argentina, Colômbia, Espanha, Grécia, Hungria e Itália. Também ficou em primeiro lugar na Turquia, em Israel e no United World Chart. Apesar de ter ficado em primeiro lugar na lista da Billboard de mais tocadas em boates, a canção não fez muito sucesso na América do Norte, tendo atingido a posição de número 58 no Hot 100 e se tornando o primeiro single da cantora a não entrar na lista do Canadá. Vendeu cerca de cinco milhões de cópias em todo o mundo.

"Get Together": o terceiro single foi lançado em 6 de junho de 2006 nos Estados Unidos, em 10 de julho no resto do mundo (com exceção do Reino Unido) e em 24 de julho no Reino Unido. O single não foi tão bem recebido quanto aos anteriores, mas rendeu à cantora uma indicação ao Grammy na categoria de melhor gravação de música dance. Atingiu o primeiro lug ar em listas da Bélgica, Bulgária, Croácia, Espanha, Hungria, Israel, Polônia, Ucrânia e Venezuela. Vendeu cerca de três milhões de cópias em todo o mundo.

"Jump": o quarto e último single do álbum foi lançado em 7 de novembro de 2006. "Jump" teve desempenho muito inferior a todos os outros singles lançados do álbum, tendo atingido o primeiro lugar apenas em listas do Brasil, dos Estados Unidos e da Itália. Vendeu cerca de três milhões de cópias em todo o mundo.no fim o álbum venderia mais de 20 milhões de cópias.

Disse a diva:

"Quero fazer as pessoas dançarem. Quero um álbum sem baladas e sem mensagens políticas". Confissões na Pista de Dança, 11º álbum de estúdio de Madonna, prometeu e cumpriu. Buscando influências em ABBA, Giorgio Moroder, PetShop Boys, Donna Summer, dentre outros, o sucesso conta com a produção esmerada do DJ Stuart Price juntamente a Bloodshy & Avant e os projetos electro Zoot Woman e Les Rhythims Digitales.

"Na véspera do dia de ação de Graças, eu estou muito agradecida por todas as bençãos que tenho recebido. No topo da minha lista de agradecimentos, estão vocês, meus fãs, cuja devoção e paixão não podem deixar de ser mencionadas. Embora minha carreira tenha tido grandes sucessos, eu dou muito valor ao fato de ter um álbum em primeiro lugar mundialmente. Confessions on a Dancefloor foi uma brincadeira gostosa de fazer, mas já que ele é agora número 1 em diversos lugares do mundo, a brincadeira alcançou um outro nível. Vocês podem estar orgulhosos de mim, mas acreditem: eu não poderia estar mais orgulhosa e grata por todos vocês que sempre me apóiam e sempre são leais a mim. Eu desejo a todos vocês um ótimo dia de ação de graças e o meu muito obrigada a cada um de vocês .Com amor, Madonna."

Prêmios:

Brit Awards (Reino Unido)

Melhor artista internacional (feminina)

Echo (Alemanha)

  • Melhor artista internacional de pop/rock (feminina)
  • Hit do ano - "Hung Up"

Grammy (Estados Unidos)

  • Melhor álbum de música dance ou eletrônica

Ivor Novello Awards (Reino Unido)

  • Hit international do ano - "Sorry"

NRJ Music Awards (França)

  • Melhor artista internacional

World Music Awards (Mundo)

  • Artista de música pop mais vendida do mundo
  • Artista estadunidense mais vendida do mundo

 

*Para matar a saudade desse álbum maravilhoso, a apresentação deslumbrante de Hung Up no EMA em 2005:

MInsane/ Google/ Wikipédia

0 comentários:

Madonna Ever - Madonna sempre!