Siga o 'Madonna ever'

RSS
Premium WordPress Themes

19 julho 2011

Falaram sobre M

Morrissey ataca Madonna

image

Perguntado se o fenômeno Lady Gaga era algo novo do que ele tem visto desde o começo de sua carreira, o ex-vocalista do The Smiths foi claro: "Eu digo sem rancor que isto não é nada novo. Eu gosto da ideia das mulheres em pleno comando, mas eu estou cansado de ver cantoras que não conseguem apresentar uma canção sem o apoio de 750 dançarinas frenéticas tentando ser eróticas".

O cantor foi ainda mais fundo: "Isso na verdade é fraudulento e exatamente oposto à sensualidade".

Madonna também não escapou aos comentários negativos de Morrissey, e foi inferiormente comparada com a cantora francesa Edith Piaf, estrela nos anos 50. "Edith Piaf era baixinha, sempre vestiu um modesto vestido preto, nunca cantou com qualquer estrutura de palco e sua voz rugia acima do vento; tudo isso com o mais incrível poder de comunicação.", explicou. "Eu gostaria de ver McDonna Madonna fazer isso".

Bom Jovi também falou...

image

Durante um de seus shows, Bon Jovi acabou respondendo a questão levantada por Morrissey:

“Quanto mais as coisas mudam, mais continuam iguais. Antes que houvesse Lady Gaga, havia Madonna.”

Anne Rice: “Sou fã de Madonna”

image

A famosa escritora Anne Rice, autora de livros como ‘Interview with the Vampire’, ‘The Vampire Lestat’ ou ‘The queen of the Dammed’, participou recentemente  de uma sessão de perguntas e respostas na página do Facebook da Barnes & Noble.

Quando lhe foi perguntado se era fã de Madonna, a sua resposta foi:

Sim, eu sou certamente, sou super fã de Madonna. Sempre a considerei extremamente talentosa. A sua fantástica atuação em Evita é muito underrated, ela fez um trabalho excepcional. Eu acho os seus vídeos mais rockeiros deliciosamente perturbantes e divertidos. Ela é uma mulher corajosa e interessante e é uma artista católica, com temas católicos que surgiram várias vezes no seu trabalho. Eu gosto disso.

James D'Arcy: "Ela não é Madonna por acaso"

image

James D'Arcy é um homem que está prestes a tornar-se terrivelmente famoso, principalmente porque Madonna lançou-o como Edward VIII em seu segundo filme como diretora, WE - sua visão sobre a saga Wallis Simpson, que levaram à crise de abdicação em 1936. E, porque Madonna é Madonna, que já tem alunos esperando pelo menos, fofocas sobre linhas no set e historiadores desesperados por imprecisões na trama.

D'Arcy deu sua primeiro grande entrevista à revista para o The Sunday Times falando sobre sua peça, WE e diretor da Madonna ...

Sobre o papel de Edward VIII ...

"Eu sou apenas pago para decorar as falas, e não colocar a minha mão e dizer, na verdade ... nós fizemos o melhor que podíamos.

Para me ajudar a pesquisar o papel, Madonna deu-me. . . hummm, eu não posso te dizer quantos livros - Quer dizer, era assim (acenando a mão acima dos joelhos), e todos eles tinham Post-it notas praticamente em cada página. Madonna observou que se você mencionar Edward e Wallis, é como atirar um coquetel Molotov na conversa. Ela é ela mesma um pouco como Edward e Wallis, em que todo mundo tem uma visão."

Ewan McGregor em declínio no papel de Edward VIII ...

"Eu não posso acreditar que eu era a primeira escolha para o filme. Eu não sei sobre Ewan mas sei que Vera Farmiga ia [ser Wallis], e depois ficou grávida. Tanta sorte, Andrea [Riseborough, que interpreta Wallis], sorte minha, para estar em uma posição em que eu começo a competir para os papéis que os bons atores também estão sendo levados em consideração para. "

Em conferência pelo Skype ...

"[Madonna] estava falando e em algum ponto do Skype congelou. "Eu não me sentia confiante e ela continuou a falar por 10 minutos, pensando, 'Eu espero que a imagem volte.' Era estranho falar com a estrela pop mais famosa dos últimos 25 anos no meu computador. "

Em reunião com Madonna ...

"Quando eu a conheci em carne e osso, fiquei chocado, mas quando ela está realmente envolvida em uma conversa com você, então você não pode estar pensando que o tempo todo. Ela é totalmente humana, talvez de uma maneira que eu não estava esperando. Muito mais modesta do que você imagina. Muito falante, ela só falou sobre coisas normais. Ela é simplesmente muito clara sobre o que ela quer. Eu não percebo isso de uma maneira ruim. Adoro quando os diretores são muito claros em termos de sua visão. Ela tem uma ética incrível, maior obra de alguém que eu já conheci. Ela estava muito bem informada sobre esse assunto do que o resto do elenco e a equipe montada, mas também muito segura de como ela queria que fosse. Foi incrivelmente emocionante, porque a sua paixão era tão grande para esse assunto que chegava a ser contagiante. Ela é ótima! Eu gosto muito dela. Ela é engraçada, sexy, cool ... e ficaremos em contato. "

Madonna em ser sexy ou não ...

"Yeah. Bem, quero dizer, ela não é Madonna por acaso. "

Madonnarama/Minsane

0 comentários:

Madonna Ever - Madonna sempre!